Posts

O site da sua empresa precisa rodar corretamente em celulares, já!

Não é mais tendência, nem modismo, é comportamento. 

Segundo a IDC, desde 2014 as vendas de tablets estão caindo vertiginosamente, e no Brasil chegou em 32% de queda. Ainda segundo a pesquisa, o número de notebooks também caiu, e mesmo com um discreto 0,7% a menos nas vendas do ano passado, é bom os fabricantes ficarem atentos.

E essa notícia não afeta só a indústria. Influencia diretamente como a sua empresa gera negócios na Internet. Com 3,7 milhões de tablets e notebook a menos nas mãos dos consumidores que aderem cada vez mais smartphones com telas acima de 5 polegadas, se um site não rodar corretamente nesses dispositivos, o usuário buscará o seu concorrente.

Simples assim!

E não basta o seu site ser responsivo. É preciso pensar na experiência do usuário e como a abordagem da sua empresa impacta na tomada de decisão desse público.

Por exemplo: já passou pela sua cabeça que até mesmo o conteúdo pode ser responsivo, não só o layout? Isso significa que num smartphone o conteúdo fornecido seria mais enxuto, deixando a comunicação mais dinâmica. Afinal, a tela é bem menor, mesmo que o celular seja de 5 polegadas.

Além disso, botões, menus, entre outros itens chamados ‘call to actions‘ precisam ser maiores para facilitar o clique com um dedo e não com o ponteiro do mouse como ocorre na versão ‘desktop‘.  Tudo isso faz com que a experiência do usuário seja mais facilitada, e consequentemente, mais inclinado à conversão.

Ou seja, é bom para os negócios!

Por que a sua empresa ainda não tem um site que vende?

Certamente porque você contratou alguém para fazer um layout e não para desenvolver uma solução para o seu negócio! E eu não estou dizendo com isso que design não vende. Não muito pelo contrário. O design auxilia a venda e motiva o consumo. Avaliar uma peça visual de um site apenas pela estética e não pelo eficácia em negócios, é um tremendo desperdício!

Na Kamus nós entendemos que todo site é uma peça de comunicação, e como tal, precisa ter objetivos claros e metas a serem atingidas. A criação é baseada na conversão e mesmo que o seu negócio não transacione através do site, a tomada de decisão do consumidor passa por essa comunicação e documentar essa tarefa para criar uma solução visual é fundamental.

O usuário está no centro de tudo

Criar layouts que ignorem a necessidade do usuário é o mesmo que rasgar dinheiro. Num mundo onde não há mais o conceito “entrar na Internet”, pois nós estamos na Internet o tempo todo através dos dispositivos móveis (leia o artigo sobre site responsivo), dar ao usuário aquilo que ele necessita é inteligente e faz bem ao seu negócio.

Todo layout deve ter o usuário como o centro de tudo! É preciso mapear os seus desejos, necessidades e só então podemos desenvolver soluções visuais para atendê-lo.

Mas se a sua empresa ainda tem um site que você acha lindão, mas não vende, ou pior, nem sabe se vende, está na hora de um redesign.

Você não acha!?

A importância do design na comunicação

No dia 26 de fevereiro de 2017 aconteceu a histórica 89ª edição o Oscar! Histórica não só pela qualidade dos filmes e atores, mas como também, por uma das maiores gafes de que se tem notícia! Quem acompanhou a entrega dos prêmios até tarde para saber qual filme seria consagrado como o melhor do ano, viu o ator Warren Beatty se enrolar totalmente com o envelope durante mais tempo do que o normal, quando a atriz Faye Dunaway anunciou:

“La La Land”.

Toda equipe subiu até o palco e no terceiro agradecimento, o produtor do filme La La Land anuncia que Moonlight era o vencedor! Na verdade, o envelope que estava na mão de Warren Beatty era o de melhor atriz. Prêmio ganho instantes antes pela Emma Stone, também do filme La La Land, por isso a enorme dúvida do Warren Beatty.

Mas qual é a relação da gafe com design?

Ok, houve um erro. A troca dos envelopes por alguém da organização e a falta de jogo de cintura do casal Warren Beatty e Faye Dunaway foram determinante para o que aconteceu.

Mas alguns dias depois, o criativo Benjamin Bannister fez uma proposta de mudança no envelope que vale o argumento. Ele sugeriu um redesign da tipologia e disposição dos elementos focados na ação. Ou seja, na conversão!

Sim, conversão!

Basta refletirmos: qual é o objetivo do envelope? Anunciar um vencedor de uma determinada categoria, e de um determinado filme.

Perceberam que o envelope trocado do Oscar possui o nome da vencedora e do filme do MESMO TAMANHO, quando na verdade o principal seria o nome da atriz Emma Stone!?

Certamente se o design do envelope fosse como o proposto pelo Benjamin, chamaria mais atenção dos atores, que poderiam notar que o envelope estava trocado, evitando a gafe. Quem sabe ano que vem, eles contratam o Benjamim pra isso!?

O site da sua empresa ainda não é responsivo?

Lamento informá-lo que você está perdendo dinheiro. E não estamos falando apenas com a criação, desenvolvimento e hospedagem do site não. Estamos falando de vendas diretas ou indiretas mesmo! Não está convencido? Jeff Bezos (sim, ele de novo!), CEO da Amazon citou certa vez:

“Esse 1 segundo é essencial para fornecer uma grande experiência ao usuário”

Ele estava se referindo ao tempo de carregamento das páginas da Amazon na época, que foi totalmente remodelado, depois de descobrirem que para cada 1 segundo de espera pelo usuário, isso impactava um prejuízo de 1,6 bilhão em vendas para Amazon.

Segundo Bezos, a pesquisa interna também mostrou que a demora de 4 segundos fazia com que 25% dos usuários desistissem de acessar o site e se a demora fosse de 10 segundos, esse número aumentava para 50%!

Ou seja, cada segundo vale, e muito!

Agora imagine o impacto disso no mobile! Mesmo que a sua empresa não seja a Amazon, certamente você perde dinheiro sem ter um site optimizado para os dispositivos móveis. É aí que entra o design responsivo!

Sem entrar muito no tecnicismo de seu funcionamento, o que você precisa saber é que o site com layout responsivo indica que ele foi projetado para se adaptar a qualquer dispositivo de tela ou plataforma. Se isso ainda não o preocupa, lembre-se de que desde 2014, o celular é o dispositivo preferido dos (79 milhões) brasileiros para acessar a Internet. Não só para redes sociais, mas como para todo uso de Internet!

O Google também prefere sites responsivos

Desde 2015 o Google indica nos resultados de busca a expressão ‘mobile friendly‘ que informa ao usuário que a aquele site é optimizado para dispositivos móveis, portanto, ideal para quem fez a busca num smartphone, fazendo com que o ‘ranking’ dos sites responsivos aumentem cada vez mais. E advinha o que acontecerá com o seu site não-responsivo! Isso mesmo, vai para o final da fila!

Na Kamus, 100% dos nossos projetos são responsivos e testados em várias telas e dispositivos, fazendo com que o seu site, e-commerce, blog, e-mail, seja acessíveis para todos os tipos de públicos, independente dos dispositivos.