A importância do design na comunicação

No dia 26 de fevereiro de 2017 aconteceu a histórica 89ª edição o Oscar! Histórica não só pela qualidade dos filmes e atores, mas como também, por uma das maiores gafes de que se tem notícia! Quem acompanhou a entrega dos prêmios até tarde para saber qual filme seria consagrado como o melhor do ano, viu o ator Warren Beatty se enrolar totalmente com o envelope durante mais tempo do que o normal, quando a atriz Faye Dunaway anunciou:

“La La Land”.

Toda equipe subiu até o palco e no terceiro agradecimento, o produtor do filme La La Land anuncia que Moonlight era o vencedor! Na verdade, o envelope que estava na mão de Warren Beatty era o de melhor atriz. Prêmio ganho instantes antes pela Emma Stone, também do filme La La Land, por isso a enorme dúvida do Warren Beatty.

Mas qual é a relação da gafe com design?

Ok, houve um erro. A troca dos envelopes por alguém da organização e a falta de jogo de cintura do casal Warren Beatty e Faye Dunaway foram determinante para o que aconteceu.

Mas alguns dias depois, o criativo Benjamin Bannister fez uma proposta de mudança no envelope que vale o argumento. Ele sugeriu um redesign da tipologia e disposição dos elementos focados na ação. Ou seja, na conversão!

Sim, conversão!

Basta refletirmos: qual é o objetivo do envelope? Anunciar um vencedor de uma determinada categoria, e de um determinado filme.

Perceberam que o envelope trocado do Oscar possui o nome da vencedora e do filme do MESMO TAMANHO, quando na verdade o principal seria o nome da atriz Emma Stone!?

Certamente se o design do envelope fosse como o proposto pelo Benjamin, chamaria mais atenção dos atores, que poderiam notar que o envelope estava trocado, evitando a gafe. Quem sabe ano que vem, eles contratam o Benjamim pra isso!?

Como eu posso participar dos projetos na Kamus?

Quando Tim Berners-Lee criou a primeira página de Internet do Mundo em 1991, ele imaginava que a sua criação ajudaria a troca de informação entre pessoas dando acesso a qualquer tipo de assunto de qualquer lugar do planeta. Passados mais de 35 anos, hoje é praticamente impossível viver fora da Internet uma vez que estamos conectados praticamente 100% do tempo.

E se estamos sempre conectados, os novos negócios moldam a nova economia e empresas não podem mais se dar ao luxo de não possuírem uma presença online, seja através dos seus sites ou redes sociais. Na Kamus nós acreditamos que a comunicação forma novas oportunidades de negócios e montamos times multidisciplinares para isso.

Designers, desenvolvedores, redatores e planners, todos são bem-vindos na Kamus!

Aqui focamos o trabalho de nossos projetos usando a inteligência coletiva, onde cada profissional contribui para o sucesso de um cliente. Não é a toa que nós chamamos vocês de coworkers!

Como cada projeto deve atingir centenas de milhares de pessoas, nada mais inteligente do que o time tenha voz e contribua criando uma melhor experiência para usuário, além de integrar melhor as disciplinas, tão departamentalizadas pelo mercado.

Na Kamus não temos barreiras, nem mesas, nem plaquinhas na porta. Cada um trabalha onde quiser e como quiser. Só 3 coisas são sagradas na Kamus: Briefing, prazo e criatividade!